Logo
Department of Biology
Biocenter Klein Flottbek and Botanical Garden
    Division BEE  >  Biodiversity & Ecology  >  Vol.5 >  Article 40 search  

Biodiversity & Ecology


The Future Okavango conceptual article  Open Access 

Cumulative effects of policy and management actions on ecosystem services. Challenges and methodological approaches in The Future Okavango project


Achim Röder*, Marion Stellmes, Stephanie Domptail, Annette Eschenbach, Manfred Finckh, Alexander Gröngröft, Jörg Helmschrot, Michael Pröpper, Anne Schneibel & Johannes Stoffels

Article first published online: 31 December 2013

DOI: 10.7809/b-e.00273

*Corresponding author contact: roeder@uni-trier.de

 <<  Volume 5
Biodiversity & Ecology  (Biodivers. Ecol.)

Special Volume: Environmental Assessments in the Okavango Region,
edited by Jens Oldeland, Cynthia Erb, Manfred Finckh & Norbert Jürgens
Volume 5, pages 167–183, Dec 13
  PDF  (8.9 MB)

Keywords: earth observation; ecosystem service assessment; ground-based mapping; observation scales; socio-economic evaluation

Abstract: The Okavango Basin encompasses a wide range of ecosystems and, corresponding to its extension across Angola, Botswana and Namibia, a multitude of communities with diverse socio-economic contexts, that in turn are determined both, by local traditions and regional and national policies. With the river acting as a connecting element, managing the use of natural resources under consideration of conservation issues is a challenging task. The interdisciplinary research project "The Future Okavango" (TFO) aims at contributing to integrated, sustainable land management by providing scientific support to stakeholders from local to national levels. The region under investigation, a system of woodlands, floodplains and extended wetlands is of crucial global importance for biological diversity. Simultaneously it is threatened by rapid transformation through climate change, population growth and anthropogenic over-utilization of natural resources, which may amplify land and water conflicts. The project adopts an approach of mapping and valorising a set of representative ecosystem services and the underlying ecosystem functions. Since these are provided at different spatial and temporal scales, and can show varying properties at different scales, a multi-scale approach is required that covers services from the plot-scale to the full Okavango Basin area. Besides the issue of multi-scale variation, cumulative effects may occur between different processes in both, the spatial and temporal dimension, and causing off-site effects or services being partially determined by past processes. In this paper we identify key issues in the assessment process in a wider conceptual context and describe mapping and assessment procedures. Finally, we introduce the concepts utilized to integrate sectorial assessments of ecosystem services and provide an example of an integrated assessment for a theoretical case study in Northern Namibia.

Portuguese

Título: Os efeitos cumulativos das ações de política e de gestão em serviços ecossistêmicos. Desafios e abordagens metodológicas no projeto “The Future Okavango”

Palavras-chave: avaliação de serviços ecossistêmicos, avaliação socioeconômica, escalas de observação, mapeamento terrestre, observação da terra

Resumo: A bacia do Okavango abrange uma ampla gama de ecossistemas e correspondente à sua extensão através de Angola, Botsuana e Namíbia uma infinidade de comunidades com diferentes contextos socioeconômicos que por sua vez são determinados pelas tradições locais e pelas políticas regionais e nacionais. Com o rio agindo como elemento de ligação, gerir o uso dos recursos naturais tendo em consideração as questões de conservação é uma tarefa desafiadora. O projeto de pesquisa interdisciplinar "The Future Okavango" (TFO) visa contribuir para uma gestão integrada e sustentável do solo, fornecendo apoio científico para os interessados em nível local e nacional. A região pesquisada, um sistema de florestas, várzeas e pântanos expandidos, é de importância crucial global para a diversidade biológica. Simultaneamente, é ameaçada por uma rápida transformação através da mudança climática, do crescimento populacional e da sobreutilização antrópica dos recursos naturais, que podem aumentar os conflitos da terra e da água. O projeto adota uma abordagem de mapeamento e valorização de um conjunto de serviços ecossistêmicos representativos e as funções dos ecossistemas subjacentes. Uma vez que esses são fornecidos em diferentes escalas espaciais e temporais e podem mostrar propriedades variadas em escalas diferentes, é adotada uma abordagem multiescala que abrange os serviços da escala das parcelas à área total da bacia do Okavango. Além da questão da variação multiescala, podem acorrer efeitos cumulativos entre diferentes processos nas duas dimensões, espacial e temporal, e fazer com que efeitos ou serviços fora da área sejam parcialmente determinados por antigos processos. Neste trabalho, identificamos as questões-chave no processo de avaliação, em um contexto conceitual mais amplo, e descrevemos os procedimentos de mapeamento e avaliação. Finalmente, apresentamos os conceitos utilizados para integrar as avaliações setoriais dos serviços ecossistêmicos e fornecer um exemplo de avaliação integrada para um estudo de caso teórico no norte da Namíbia.

Suggested citation:
Röder, A., Stellmes, M., Domptail, S., Eschenbach, A., Finckh, M., Helmschrot, J., Pröpper, M., Schneibel, A., Stoffels, J. (2013): Cumulative effects of policy and management actions on ecosystem services. Challenges and methodological approaches in The Future Okavango project. – In: Oldeland, J., Erb, C., Finckh, M., Jürgens, N. [Eds.]: Environmental Assessments in the Okavango Region. – Biodiversity & Ecology 5: 167–183. DOI: 10.7809/b-e.00273.



Imprint  /  last update: 2014-02-18  by: Jens Oldeland search